Compartilhe
facebook twitter gplus

Mais uma vez Ibiza

05/10/2020

Por Mari Campos *. Especial para a The Traveller.

A fama internacional chegou pelas noites agitadas madrugada adentro em enormes clubs de música eletrônica. Mas a verdadeira Ibiza vai muito além disso, com um interior cativante e a costa ainda repleta de belezas quase intocadas. Praias banhadas pelo Mediterrâneo, vilarejos rodeados de verde, gente acolhedora e pequenos restaurantes com excepcional cozinha são alguns de seus muitos atrativos. Foram os cartaginenses os primeiros a montar base ali há muitos séculos. Depois vieram mouros, romanos e até piratas, contribuindo para o caldeirão de influências distintas que é marca registrada de Ibiza até hoje. Nos tempos contemporâneos, sua aura de liberdade trouxe também artistas, intelectuais e hippies, que deram uma cara descontraída para a mais famosa das ilhas Baleares. 

Beachfront
São tantas as belas praias em Ibiza, que é sempre tarefa difícil escolher por qual delas começar a explorar a ilha. As mais de 60 "calas" estão espalhadas por 120 quilômetros de litoral – as mais famosas, Cala Salada e Cala Saladeta, estão sempre lotadas no verão. Mas vale também conhecer as belas Cala d’Hort (em uma reserva natural na costa oeste), Lleña (rodeada por pinheiros), Cala de Sant Vicent (de areia fininha), Cala Tarida (com duas prainhas separadas por rochas) e Cala Vedella (ao lado de um belo porto natural). Outras praias imperdíveis para quem tem mais tempo na ilha são Cala Benirràs, com seu estreito Es Cap Bernat dividindo a baía; Es Bol Nou, com incríveis falésias avermelhadas; Platges de Comte, com diversas calas juntas e famosa pelo pôr do sol espetacular; e Ses Salines, uma das maiores praias da ilha, com 1 quilômetro de extensão (e queridinha das celebridades).

Os 120 quilômetros de litoral do destino guardam praias tão belas que é difícil escolher por qual começar a explorar.

Capital cheia de história
Dalt Vila é o centro histórico de Ibiza, na lista de patrimônios da humanidade da Unesco e delimitado por uma imensa fortaleza medieval, construída para proteger a ilha de invasões bárbaras. O ideal é explorá-lo com calma, para curtir sem pressa suas ruelas e cantinhos delimitados pelas muralhas do século 16. Subir até a parte mais alta garante vistas panorâmicas espetaculares de Ibiza e também de sua bela ilha vizinha, Formentera. Entre Dalt Vila e o mar fica La Marina, um charmoso e imperdível bairro de pescadores com ruelas estreitas e casinhas brancas, que parecem feitas sob medida para aquela foto incrível no Instagram. 

Beleza interior
Ao contrário do que muita gente pensa, a beleza de Ibiza não está somente em sua costa, mas também nos encantadores vilarejos e nas paisagens do interior. As terras avermelhadas, os campos caprichosamente cultivados, amendoeiras e bougainvilleas cor de maravilha servem de pano de fundo para vilarejos com ruas de paralelepípedos. Igrejinhas cinematográficas e casas branquinhas guardam pequenos e charmosos cafés, bares de tapas e restaurantes – como San José, ladeando colinas na costa sudoeste, ou a pacata Santa Gertrudis. Pretexto perfeito para uma pausa regada a hierbas, o licor à base de anis produzido localmente. Vale também escalar as rochas avermelhadas de Punta Galera para juntar-se aos grupos de ioga ao pôr do sol e conferir as belas cerâmicas de San Rafael. É no interior da ilha que a gente pode encontrar também preciosidades como a deliciosa feirinha hippie de San Carlos, o impecável centro de Agroturismo Atzaró ou a Parra & Romero, filial de uma galeria de arte madrileña que recebe até oito mostras diferentes todos os anos. 

Marcado por muralhas medievais, casinhas brancas e ruelas supercharmosas, o centro histórico de Ibiza compõe a lista de patrimônios da humanidade da Unesco.

Escapada a Formentera
Além de todas as belezas de Ibiza, quem tem mais tempo na ilha pode – e deve! – aproveitar para escapar um dia para a ilha vizinha, Formentera. A navegação entre Ibiza e Formentera é curtinha e com belas vistas o tempo todo – incluindo o panorama inconfundível de Dalt Vila na entrada e na saída de Ibiza. A menor das ilhas baleares guarda praias espetaculares e charmosos faróis e vilarejos. A Praia Ses Illetes não à toa é considerada uma das mais bonitas do mundo, com um mar incrivelmente turquesa nos dias ensolarados. No verão, vale chegar cedinho para aproveitá-la também antes de lotar. Sempre é bom lembrar: na alta temporada praias lotadas são uma constante. A Praia Es Pujols, no vilarejo homônimo, também é linda, assim como a tranquila Es Arenals. Cheia de italianos, Formentera não decepciona na hora do almoço, com diversas pizzarias e trattorias. Mas a opção mais certeira é rumar direto para Beso Beach, um beach club animado que tem bar e restaurante cheios de bossa para comer peixes e frutos do mar fresquíssimos com seus pés na areia. Vale também passear pelas cidadezinhas de Sant Francesc Xavier, Sant Ferran de Ses Roques e El Pilar de la Mola. Antes de partir, espiar os belos faróis de Cap de Barbaria e de La Mola, tomar um drink refrescante com vista para ilha no El Mirador e conhecer a linda marina de La Savina.

Beach Clubs
Parte importante da cultura de praia em Ibiza são seus beach clubs, sobretudo durante os meses mais quentes. Mas mesmo durante a baixa temporada há locais como El Chiringuito, na praia de Es Cavallet, uma mistura de beach club e restaurante que serve pratos de frutos do mar fresquíssimos e é também ótimo lugar para drinks ao pôr do sol. A máxima vale também para as taças de cava no terraço no topo da falésia no La Torre e para os drinks caprichados do Experimental Beach Ibiza, na praia de Las Salinas. Para quem busca lugares com vibe mais balada, as opções são muitas e garantem mimos e muita animação (com premiados DJs) até mesmo durante a noite. Vale espiar clássicos da ilha como Blue Marlin em Cala Jondal, Nikki Beach em Santa Eulalia, Cotton Beach Club em Cala Tarida, Sunset Ashram em Cala Conta e Amante Beach Club em Sol Den Serra, no alto de um penhasco. 

Com vistas belíssimas da navegação até a chegada, a ilha vizinha Formentera é um dos lugares que vale a pena encaixar no roteiro de quem tem mais tempo livre em Ibiza.

Nightlife
Ibiza nunca negou sua alma festeira e segue sendo o paraíso para os fãs de baladas à beira do Mediterrâneo durante o verão europeu. Os primeiros clubs abriram suas portas ali nos anos 1970, quando o turismo começava a florescer de fato. O gigante Amnesia (originalmente chamado de The Workshop of Forgetfulness) foi praticamente onde a paixão pela música eletrônica verdadeiramente nasceu na ilha. Logo depois veio a Pacha, em 1973, até hoje a mais icônica casa noturna de Ibiza. Para os baladeiros de plantão, casas como Ushuaia, Privilege (a maior do mundo, que conta até com uma piscina lá dentro), Hï Ibiza e DC10 – os demais superclubs da ilha – nunca decepcionam se você não procura por exclusividade, é claro. Em Marina Botafoch, o bairro onde fica a Pacha, vale espiar também as casas Lío e Heart Ibiza. Em Sant Antoni de Portmany, Es Paradis e Eden têm disputados eventos praticamente todos os dias de junho a setembro. Para baladas sob a luz do dia, rume para Bora Bora Ibiza, em Playa d'en Bossa. Mas como os clubs nunca abrem antes da meia-noite e a maioria só pega fogo mesmo depois das duas, os bares mais animados também fazem sucesso na ilha – como Pikes, Paradise Lost ou Bar 1805, que servem excelentes coquetéis em ambientes ecléticos. Para o esquenta, Café del Mar e Café Mambo, em Sant Antoni de Portmany, também têm atmosfera perfeita. 


*Mari Campos é viajante desde sempre e há mais de 15 anos roda o mundo também profissionalmente, escrevendo sobre suas viagens para publicações no Brasil e no exterior. 

0 Comentário