Compartilhe
facebook twitter gplus

Tulum: refúgio descolado-chic na Riviera Maia

16/10/2020

Não dá vontade de fazer nada, muito menos de voltar para casa. Essas são emoções frequentes que Tulum desperta nos visitantes. Hypada mas sem ostentar, a vila parece apenas festejar silenciosamente o privilégio de uma rotina sem preocupações, à beira-mar, lendo um bom livro deitado num futon debaixo de uma tenda de pano. Como se a vida se resumisse a isso. Ótimos hotéis-boutique e restaurantes com receitas de fusão dão o tom a esse epicentro do bem-viver e relaxar, na região da Riviera Maia.

O mar não é tão azul quanto o de Cancún, mas tem ondas na medida e um astral descolado-chic. É um grande refúgio para descansar, mas também estratégico para explorar as ruínas e os cenotes, muitas vezes de bike. Uma boa pedida é pedalar até o Calavera ou Gran Cenote, ou então até as imperdíveis ruínas de Tulum, a cerca de 4 quilômetros do vilarejo, junto à praia.

Tulum é um refúgio perfeito para desconectar, além de ser ponto estratégico para quem deseja explorar as ruínas mexicanas e alguns dos cenotes mais bonitos dessa parte do país.

Ruínas de Tulum e Cobá
Duas das mais belas preciosidades arqueológicas do México estão pertinho desse lugar privilegiado. Como o próprio nome indica, Tulum fica próxima à vila e é a única das cidades maias construídas à beira-mar. Aliás, seus templos, palácios e plataformas de dança estão a poucos metros de uma faixa de areia bem branquinha e convidativa para um mergulho. A 52 quilômetros de Tulum, as ruínas de Cobá merecem um dia completo de exploração. A cidade se espalha por vários quilômetros em meio à mata, com trilhas nas quais é possível passar horas. Vale a pena alugar uma bicicleta e percorrer pedalando o Templo das Igrejas, o Grupo das Pinturas e o Nohoch Mul, a Grande Pirâmide. Em ambos os sítios arqueológicos, é recomendável chegar cedo, antes dos grupos de excursão vindos de Cancún.

Os cenotes são cavernas alagadas por águas cristalinas e só a Península de Yucatán conta com mais de 6 mil dessas paisagens.

Cenotes
Parte essencial de conhecer Quintana Roo é ver de perto os cenotes, que se formam quando o leito de rocha calcária desmorona, deixando exposto o lençol de água abaixo. Basicamente, essas cavernas alagadas por águas cristalinas – são mais de 6 mil delas em toda a Península de Yucatán – fazem parte de uma intrigante rede de rios subterrâneos. Dentro delas, já foram encontradas ossadas de dinossauros e inúmeros artefatos maias, revelando se tratar de lugar sagrado para o povo. No Gran Cenote, a 3 quilômetros de Tulum, você pode ter um bom gostinho dessas águas, nadando com peixinhos – especialmente num dia quente. Estalactites e estalagmites saltam aos olhos em meio à água translúcida e gelada.

Sian Ka’an
Mais de 5 mil quilômetros quadrados de floresta tropical, pântanos, mangues e ilhotas na costa de Quintana Roo foram agrupados pelo governo mexicano numa zona de proteção única. Assim nasceu essa área de preservação impressionante, classificada como Reserva da Biosfera pela Unesco. Em maia, Sian Ka’an significa “onde começa o céu”, e realmente há algo de celestial nessa paisagem repleta de macacos, tamanduás, raposas e até jaguatiricas. Isso sem contar as centenas de espécies de aves, como colhereiros e flamingos. Você pode fazer passeios guiados pela mata ou então de caiaque na zona de Boca Paila. Além disso, leve roupa de banho, porque algumas das melhores e mais desertas praias de Quintana Roo estão aqui.

 

Onde Ficar

Casa Malca

Mais do que uma hospedagem, a Casa Malca aposta em ser, por si só, um destino de férias e descanso completo. À beira do mar clarinho de Tulum, o proprietário Lio Malca criou um espaço com estilo e conceitos únicos, com um serviço dedicado a fazê-lo desconectar da rotina. Distribuída pelos cômodos, parte da coleção pessoal de arte contemporânea do dono dá um tom de modernidade e ares de galeria ao hotel. As 71 confortáveis suítes de até cem metros quadrados mesclam vistas para o mar e o jardim, repleto de palmeiras. Das cozinhas dos quatro restaurantes, espere por peixes frescos preparados com ingredientes orgânicos e pratos com apresentações criativas.

0 Comentário

Onde ficar em Tulum